Aprovação do Acordo Coletivo 2016/2017 em Assembleia

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco continua atuante na luta por conquistas de direitos para a categoria. No dia de ontem (23/11), aconteceu a Assembleia para aprovar as reivindicações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). A reunião com os trabalhadores foi realizada no Centro Mariápolis Santa Maria, em Igarassu.

A pauta da Assembleia tratou dos seguintes pontos: Autorização para o Sindicato negociar e celebrar o Acordo Coletivo de Trabalho-ACT da data-base de 1º de novembro; Discussão e aprovação do rol das reivindicações que pautarão a negociação do supracitado ACT; Autorização e fixação do desconto da Contribuição Assistencial com garantia do direito de oposição, nos termos do Art. 513, “e”, da C.L.T.; Concessão de poderes para o Sindicato firmar, ou não, Convenção Coletiva de Trabalho, instaurar dissídio coletivo e outras medidas cabíveis, no caso de malogro nas negociações, inclusive deflagração de greve, se esta se fizer necessária; e Deliberação sobre a transformação da Assembleia, em Assembleia permanente, até o estabelecimento final das Normas Coletivas da categoria.

Entre as conquistas do Acordo Coletivo de Trabalho estão: Reajuste Salarial de 8,5% (reposição total da inflação), de uma única vez; Cesta básica no valor total de R$ 120,00, em vigor a partir de 1º de fevereiro de 2017; Os trabalhadores que recebem até R$ 4.300,00 terão um desconto de R$10,00 nos salários. Já os que recebem acima desse valor terão o desconto de R$ 28,00; A empresa pagará os salários dos trabalhadores até o dia da perícia médica do INSS; Até junho de 2017 será feita a 1º reunião para tratar a PLR; Plano Odontológico será implementado a partir de 2017; e
Criação de área de lazer e descanso para os trabalhadores.

Na ocasião, ficou definido o prazo de hoje (24/11) até a próxima sexta-feira (02/12), para os trabalhadores que não concordam com a contribuição assistencial fazerem a oposição na sede do SINDMETAL-PE localizado em Recife-PE. A diretoria também relembra a importância da contribuição assistencial e explica que ela tem o objetivo de custear as condições necessárias para fortalecer o sindicato durante a campanha salarial e possibilita as ações de enfrentamento para atingir conquistas no Acordo Coletiva de Trabalho e alcançar um percentual digno e justo, sempre buscando melhores condições de trabalho e salários para os trabalhadores (as). As pessoas que não se opuserem à contribuição assistencial além de fortalecer seu sindicato para a próxima campanha salarial terão assistência gratuita dos nossos advogados trabalhista.

O SINDMETAL-PE também anuncia que as primeiras rodadas de negociação com as demais empresas do polo JEEP serão realizadas na primeira semana de dezembro de 2016.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 11 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp