ELEIÇÃO | Trabalhadores decidem nas urnas o futuro da categoria em Pernambuco

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) está passando por um dos mais importantes processos democráticos da sua história. Nos dias 18, 19 e 20 de abril acontece a eleição que irá definir a gestão que ficará à frente do Sindicato entre os anos de 2017 e 2021. Para viabilizar o processo, 31 urnas foram disponibilizadas e estão localizadas no Recife, Região Metropolitana e Interior do Estado. "Além das urnas fixas, também colocamos urnas intinerantes, que vão passar por várias fábricas. Estamos em cidades como Belo Jardim, um dos maiores colégios eleitorais de Pernambuco, assim como em Petrolina, Caruaru, Ipojuca, Cabo, entre outras cidades que concentram os trabalhadores associados", explica Jorge César, membro da Comissão Eleitoral. No interior, destaque para o colégio eleitoral de Glória de Goitá, que possui fábrica com candidato a reeleição.

 

Jorge César e outros membros da Comissão Eleitoral.

 

Atualmente, o Sindicato tem como presidente o metalúrgico Henrique Gomes, que tenta a reeleição com a chapa 1, a única inscrita para concorrer à eleição. "É um processo muito importante para os trabalhadores metalúrgicos. Trata-se de uma eleição de chapa única, mas nós precisamos atingir o quórum necessário para validar a vontade do trabalhador, então por isso é importante a participação de todos e todas. Além disso, é uma forma que a categoria tem de participar efetivamente do Sindicato", lembra. Antes mesmo de completar dois dias de votação, o quórum foi atingido, após coletar 51% dos votos válidos, o que equivale a aproximadamente 2 mil associados e associadas. 

 

Todo o processo eleitoral tem sido acompanhado de perto por Expedito Solaney, atual secretário de políticas sociais e direitos humanos da CUT-PE, além de membro da direção nacional da CUT, para garantir que a eleição transcorra dentro do que é indicado pela lei. "Estou como presidente da Comissão Eleitoral, com indicação da própria CUT. É uma das eleições mais importantes, já que se trata de um dos maiores sindicatos de metalúrgicos, assim como um dos mais atuantes do Brasil. E a base tem respondido bem. Em um dia e meio conseguimos atingir o coro. Estamos muito satisfeitos de estar aqui, participando desta jornada democrática", explica. "Amanhã, vamos fazer uma grande festa comemorando a participação efetiva da categoria", ressalta Solaney. 

 

Expedito Solaney, da CUT, e Henrique Gomes, que tenta a reeleição.

 

Lembrando que esta quinta-feira (20) é o último dia para que os associados possam participar das eleições, com urnas liberadas a partir das 8h até 17h. "Tudo está correndo tranquilamente e no dia 20, por volta das 18h, nós teremos uma resposta concreta, dos trabalhadores que votaram concientemente e compareceram em peso às urnas", conclui Enoque, atual vice-presidente do Sindicato.

Acompanhe toda a cobertura dos três dias de votação pelo Facebook do Sindicato

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 12 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp