Odebrecht muda nome de empresa para se descolar da Lava Jato

As empresas pertencentes à holding da Odebrecht começarão a mudar seus nomes e seus logotipos a partir deste mês, como parte de uma estratégia que vem sendo desenhada desde meados do ano passado, na tentativa de se distanciarem de um título que ficou associado à Lava Jato e à corrupção.

O nome da holding permanecerá intacto, mas a palavra Odebrecht será expurgada de todos os negócios que a abrigavam no nome — como a Odebrecht Óleo e Gás e a Odebrecht Realizações Imobiliárias, que até o fim do ano aparecerão repaginadas.

A cor vermelha do logotipo tradicional e a tipologia das letras padronizadas com a marca-mãe também serão descartadas.

Os novos logotipos vão compartilhar de uma mesma paleta de cores.

A primeira a sofrer as mudanças é a Braskem. Nesse caso, o nome será preservado, já que não carrega o peso da bandeira Odebrecht. As alterações, que devem ser anunciadas nas próximas semanas, estão apenas no padrão das letras e nas cores da marca Braskem.

Também fazem parte da lista a empresa de infraestrutura Odebrecht Transport, a Odebrecht Latinvest, de investimento em infraestrutura e logística, e a Odebrecht Agroindustrial, do setor de etanol.

As informações são de reportagem na Folha de S. Paulo.

(Fonte: Brasil 247)

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 14 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp