Trabalhadores da Gestamp cruzam os braços por 24 horas em adesão à Campanha Salarial 2018/2019

O Sindmetal-PE esteve mobilizando na Fábrica da Gestamp (Gri) no Cabo, na manhã de hoje os trabalhadores e trabalhadoras do 1° turno e adm, no qual em votação aprovada por unanimidade, cruzaram os braços por 24h em protesto a falta de respeito e truculência dos patrões na mesa de negociação da Campanha Salarial 2018/2019.

Os trabalhadores ficaram cientes do que foi proposto na sétima rodada de negociação pelo patronal: 3% de aumento até 3 mil reais, acima de 3 mil reais terá um valor fixo de R$90 reais onde a inflação de 3,64%, porém o sindicato reivindica 7% de reajuste. Além desse reajuste indecente e ainda querem que a homologação seja feita de todo jeito na empresa para manipular os valores que os trabalhadores têm de receber de acordo com a CCT. Isto é um grande ataque aos direitos conquistados, que coloca em riscos: os pagamentos corretos, multas por período, as projeções e aumento dos que foram demitidos e ainda demitir trabalhador doente e pré-aposentado.

No último dia 08, a diretoria do Sindmetal-PE esteve no turno da tarde, sensibilizando os trabalhadores e trabalhadoras da empresa Moura em Belo Jardim. No mesmo dia estiveram na porta da fábrica da Gerdau (Curado) durante à noite, onde os trabalhadores e trabalhadoras cruzaram os braços por 4h. O Sindmetal-PE não medirá esforços para garantir os direitos da categoria metalúrgica e para ampliar conquistas.
#campanhasalarial
#portadefábrica
#vempraluta

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 1 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp