Sindicato alerta empresa GRI sobre possível greve em negociação do PLR

A empresa GRI, fabricante de torres eólicas localizada no Cabo de Santo Agostinho, enfrenta um possível impasse nas negociações do PLR com o SINDMETAL-PE e a comissão de trabalhadores da empresa. Após quatro rodadas de negociação, a empresa formalizou na mesa de negociação, nessa terça-feira, 02.05.2023, que mantém a mesma proposta de PLR, passando de R$ 5.200,00 para R$ 6.000,00, enquanto o pedido do SINDMETAL-PE e da comissão de trabalhadores é de R$ 7.500,00.

O Presidente do SINDMETAL-PE, Henrique Gomes, informou que a proposta da empresa está muito abaixo do valor desejado pelo sindicato, que se baseia no valor oferecido por empresas de torre eólica do Nordeste. Ele ainda ressaltou que, caso a empresa não chegue a um acordo com o sindicato, será convocada uma assembleia com os trabalhadores para decidir se aceitam ou não a proposta da empresa. Caso a proposta seja rejeitada, o SINDMETAL-PE poderá encaminhar uma paralisação e, possivelmente, uma greve.

O SINDMETAL-PE alerta a empresa GRI que, caso não aceitem a proposta sugerida pelo sindicato, as medidas de paralisação e greve serão adotadas pelos trabalhadores. É importante destacar que a paralisação e greve são direitos dos trabalhadores previstos na Constituição Federal, e que essas medidas podem ser evitadas por meio de um acordo justo e satisfatório para ambas as partes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 − sete =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp