Sindmetal-PE denuncia o grupo STELLANTIS/FIAT ao Ministério Público de Trabalho (MPT)

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE), através de denúncias, solicitou ao Ministério Público de Trabalho (MPT), uma apuração sobre as mortes decorrente a COVID-19 , aos diversos casos de trabalhadores contaminados e afastados pela doença, principalmente no polo automotivo JEEP, localizada no município de Goiana, e também na FCA/Jaboatão e MMH cabo de Santo Agostinho.

O Sindmetal-PE, através do presidente Henrique Gomes, ressalta que está à frente dessa luta, cobrando respostas  sobre as medidas de segurança utilizadas dentro dessas empresas. Henrique afirma que as empresas precisam tomar responsabilidade para realizar testes nos trabalhadores e trabalhadoras garantindo a segurança e a saúde de todos que estão dia a dia no chão de fábrica.

Henrique também ressalta que denúncias foram feitas, onde diante da calamidade pública que estamos vivenciando, as empresas ainda insistem em fazer hora extra durante a semana e aos sábados, no qual isso traz cada vez mais um risco inerente para que as pessoas possam ser contaminadas e ocorram mais mortes.

Outro ponto importante, o sindicato pede que as empresas façam uma parada durante 20 dias já que está faltando matéria prima, para que os trabalhadores possam se cuidar até minimizar esse período de pandemia. E quando retornarem que todos possam fazer o teste, e as empresas se organizem para compra de vacinas, para terem mais responsabilidades e garantia da segurança de todos os trabalhadores e trabalhadoras.

Vamos à luta, pois só a luta constrói, pontuou.

#juntossomosmmaisfortes

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 13 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp