Petroleiros já articulam assembleias e paralisação contra plano da Petrobras

Os petroleiros já estão se mobilizando contra o plano da Petrobras de vender quatro refinarias brasileiras, inclusive a pernambucana Abreu e Lima (Rnest), em Suape. A categoria vai realizar uma série de assembleias no pátio da Rnest e do Terminal Suape para tentar evitar a operação. Afinal, têm medo de que a venda de ativos acabe na privatização e na desmobilização do atual quadro de funcionários dos empreendimentos. 

Leia também:
Petrobras confirma a venda de 25% da capacidade de refino
Petrobras quer vender parte da Refinaria Abreu e Lima, em Suape

“Por trás do processo de privatização, sempre há redução de salários, perda direitos e até demissão dos trabalhadores. Por isso, o ponto principal dessas assembleias será a discussão sobre a aprovação de uma greve no sistema Petrobras contra a privatização e a retirada de direitos dos trabalhadores”, declarou o diretor administrativo e jurídico do 
Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco (Sindipetro-PE), Luiz Antonio Lourenzon, que está convocando as assembleias para a primeira quinzena de maio. 

Presidente do Sintepav-PE, Aldo Amaral reforçou que esse processo precisa ser acompanhado de perto. “Não se pode entregar o patrimônio nacional a toque de caixa. Então, a esperança é de que haja uma mobilização em prol da geração de empregos”, avaliou.

 

Fonte: https://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/04/20/NWS,65844,10,550,ECONOMIA,2373-PETROLEIROS-ARTICULAM-ASSEMBLEIAS-PARALISACAO-CONTRA-PLANO-PETROBRAS.aspx 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − 1 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp