Sindmetal-PE promove seminário sobre julho das pretas

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE), através da Secretaria de Igualdade Racial e Secretaria da Mulher realizaram na última quarta-feira (13/07), na sede do seu auditório, um seminário voltado para o julho das pretas.

O seminário teve por objetivo discutir pautas importantes, relacionadas ao mês de julho, alusivo ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino e Caribenha, com temas sobre intolerância religiosa, racismo, mulher negra e mercado de trabalho.

O evento que durou todo o dia contou com a presença de parte da diretoria do sindicato, e teve como convidados na parte da manhã a pedagoga / coordenadora do MNU-PE/ ativista do movimento de mulheres e do movimento lgbtqia+, Marta Almeida. Ela abordou a questão da desigualdade social, bem como a luta, a resistência, a política racial, a cultura africana e suas raízes.

O reverendo /teólogo e ex sindicalista do SINDACS, Josinaldo Lima, trouxe como debate a intolerância religiosa, e destacou situações de assédio moral dentro do ambiente de trabalho. Além disso, pontuou a importância do respeito para com todos independentes da sua religião, e citou passagens bíblicas, que mencionam a criação de Deus, e o amor ao próximo.

Ainda na parte da manhã, participou de forma virtual, a secretária da mulher da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM). Marli Melo. Em sua intervenção, fez um agradecimento pelo convite e ressaltou a importância de se ter momentos como esses, com discussões de temas relevantes voltado para as mulheres trabalhadoras em geral, para que elas se sintam cada vez mais representadas.

O presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes, também esteve presente e destacou como positiva e oportuna a iniciativa desse seminário para debates desse nível e que sempre apoiará toda e qualquer forma por luta, justiça social e igualdade.

Na parte da tarde o evento contou com a presença das mulheres funcionárias da entidade que ouviram atentamente o secretário de Combate ao Racismo da CUT/PE, Gilson de Góz. O sindicalista debateu temas sobre racismo, machismo e a importância da solidariedade, com todos e todas vítimas de qualquer tipo de preconceito, bem como a importância de se criar medidas dentro do ambiente de trabalho contra o preconceito.

Na avaliação dos participantes, foi um encontro muito proveitoso e esclarecedor, no qual todos participantes discutiram, fizeram perguntas e opinaram a respeito dos temas em pauta. O Sindmetal-PE agradece a todos que contribuíram para esse evento, e espera que no próximo encontro estejam cada vez mais ativos e participantes.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × dois =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp