Sucesso total na realização do 2° Encontro de Mulheres Metalúrgicas

Durante todo o dia de ontem, as mulheres que fazem o chão de Fábrica pernambucano se encontraram para discutir o tema: Metalúrgicas e o Mercado de trabalho, no CFL do Sindsprev. 

A mesa de debate feminista com o tema do encontro: Metalúrgicas e o Mercado de Trabalho foi aquecida pela participação da Secretária de Mulheres da CUT-PE, Liana Araújo, a técnica do Dieese-PE, Milena Prado e   a representante do Fórum de Mulheres de Pernambuco, Irani Silva.

Em sua fala a técnica do Dieese-PE, Milena Prado destacou a desigualdade do mercado de trabalho entre homens e mulheres e situou a mulher metalúrgica nesse cenário. “A divisão sexual do trabalho nos insere de maneira inferior, carregamos todo o peso do trabalho doméstico não remunerado e em consequência disto: temos a dupla jornada laboral, no caso das mulheres metalúrgicas é um espaço muito pouco ocupado com apenas 15% de ocupação feminina e 85% majoritariamente masculina e recebendo menos que os homens para exercer as mesmas funções. Como podemos mudar esta realidade?”, reflexionou Milena Prado para abrir o debate.

 O evento teve as rodas de diálogo abordando os direitos trabalhistas e familiares das mulheres, saúde da mulher trabalhadora e Violência Doméstica contra as Mulheres- Vire essa página! As rodas serão ministradas respectivamente por Jéssica (Actionaid), Susane (MST) e Gil (Fetape). Estavam representando o movimento sindical de mulheres a Presidenta do Sindbancários-PE, Suzineide Rodrigues, a do Sindicato dos Trabalhadores em Construção Civil, Dulcilene Carneiro e Iracele da Secretaria de Mulheres e Igualdade Racial do Sindsprev.

Na ocasião houve exposição fotográfica de mulheres que se destacaram no movimento feminista no Brasil e no mundo. O evento disponibilizou para as metalúrgicas, serviços de entretenimento e lazer como aula de zumba, consultoria de modas, limpeza de pele, massagem dentre outros.

A diretoria do Sindmetal-PE está à disposição para construir junto às mulheres que fazem o chão de Fábrica um mercado de trabalho com mais oportunidades e menos injustiças.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 − sete =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp