Mobilização na Simisa após denúncia de salários atrasados

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) estiveram presentes na manhã desta sexta-feira (12/11), na empresa SIMISA localizada em Pontezinha, no Cabo de Santo Agostinho.

Eles foram apurar a denúncia de que os trabalhadores cruzaram os braços por falta do pagamento de salários. Eles estão insatisfeitos com essa situação humilhante. Além disso, também estão preocupados com o salário da quinzena do dia 20 de novembro e com a primeira parcela do 13° décimo terceiro que é para ser pago também no dia 20 de novembro. Fora isso, os depósitos do FGTS que não estão sendo efetuados há alguns anos. Os metalúrgicos formalizaram que só voltarão para as atividades, quando o pagamento dos salários for realizado, reforçaram ainda que se a empresa continuar com essa prática haverá nova paralisação.

O presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes, denunciou a irresponsabilidade e descaso da SIMISA, com os trabalhadores.  “Hoje mais uma vez fizemos uma discussão e alinhamos com a empresa para que este problema seja resolvido o mais rápido possível. Os  trabalhadores precisam de seus salários pagos em dia” assinalou. “É luta todo dia. Precisamos estar juntos com a classe trabalhadora metalúrgica, porque só a luta constrói”, completou.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 − dois =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp