Sindmetal de Pernambuco entrega novo Centro Médico do Trabalhador

O ano de 2017 começou com muito que comemorar dentro do Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco. Após um ano turbulento, de muita luta e esforço por parte da diretoria para fazer valer direitos dos trabalhadores, conseguiu-se tirar do papel uma demanda antiga, que era a reestruturação e aperfeiçoamento da clínica médica do trabalhador, que agora está localizada na sede do Sindicato. “Um pedido antigo da categoria e que finalmente conseguiu ser concretizado na nossa gestão. Queremos oferecer um serviço de qualidade para que aqui eles se sintam acolhidos e bem tratados”, explica o presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes.

Com cinco salas, sendo uma secretaria e quatro consultórios, o centro médico do trabalhador foi inaugurado no último dia 27 de janeiro, durante festa que também comemorou a reforma da estrutura do Sindicato. O espaço irá contar com profissionais qualificados e serviços de ponta, com tudo o que pode ser oferecido de mais moderno para os trabalhadores e trabalhadoras associados. “É um serviço a mais, com atendimentos básicos. O que estamos oferecendo aqui não exclui a nossa luta pela melhoria do SUS. Continuaremos lutando, brigando e cobrando dos governantes que eles ofereçam serviços que todo o trabalhador merece”, destaca o secretário de Saúde, Inaldo Francisco.

 

Como forma de homenagear a história e os trabalhadores da categoria, a diretoria decidiu por batizar a clínica com o nome de Padre Henrique Cossart, um padre francês e operário que muito honrou os metalúrgicos ao dedicar a vida à luta pelos direitos dos trabalhadores. Padre Henrique Cossart veio para o Brasil na década de 60, se instalando na comunidade de Santo Amaro e exercendo suas funções na arquidiocese de Olinda e Recife. Foi militante e sindicalista, ajudando na formação de muitos jovens operários. Durante a ditadura, lutou ao lado de Dom Helder Câmara, sendo formador de grandes lideranças da classe trabalhadora. Abençoado por Dom Helder, padre Henrique se casou com Margarida, mais conhecida como Peggy, e teve dois filhos, Arnaldo e Francisco. Na década de 90, a família se mudou para São Severino, nas imediações de gravatá, onde permaneceu até a morte de Henrique.

O filho de padre Henrique, Arnaldo, compareceu ao evento para receber a homenagem em nome de toda a família. Também estiveram presentes o ex-deputado federal Fernando Ferro, assim como demais nomes ligados ao Sindicato e a luta trabalhista, como o presidente da CUT-PE Carlos Veras. “Antes de qualquer coisa, eu gostaria de parabenizar o presidente do Sindicato Henrique Gomes, que muito se esforçou para tirar esse projeto do papel, enquanto paralelamente travava uma luta na justiça em que, injustamente, foi demitido pela empresa onde exercia suas funções”, destacou Carlos Veras. “Não é nenhuma honra ser presidente, mas um fardo, porque você carrega nas costas uma responsabilidade muito grande. E esse companheiro que há três anos decidiu enfrentar tudo para estar aqui hoje, está aí, entregando tudo o que prometeu durante a campanha e lutando para que consiga entregar muito mais”, ressalta Carlos Veras, sendo bastante aplaudido pelos presentes.

 

Dentre as várias especialidades que podem ser encontradas na clínica, destaca-se a do Médico do Trabalho, que irá dar todo suporto necessário em caso das demissões por doença, ficando disponível para avaliar os trabalhadores. A clínica funciona de segunda a sexta, das 8h às 16h. Para outras informações e marcações, entrar em contato por meio do telefone: 3423.4660.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =

Seja bem vindo ao SINDMETAL-PE

WhatsApp